Resoluções de ano novo?

 

resoluções de ano novo

Happy New Year! Happy New You!

Está a chegar aquela altura do ano em que muitos de nós, não todos, colocam nos pratos da balança as coisas boas e más do ano que está a terminar, reflectindo no que queremos trazer para o novo ano que começa e nas coisas que queremos deixar para trás.

Atingimos todos os objectivos a que nos propusemos? Ou também esses ficaram lá atrás, logo nas primeiras semanas de Janeiro do ano que está quase a acabar? Já nem falo daqueles objectivos como, começar a frequentar o ginásio e praticar realmente exercício físico, alimentar-me melhor, ser menos consumista, aprender a simplificar, porque esses objectivos nada mais são do que decisões para a vida e nada que comece e acabe num ano.

Esses objectivos são práticas que trazemos para o nosso dia a dia, para uma vida mais saudável, de escolhas mais conscientes sem prazo para terminar. Mas é preciso querer. E fazer por isso. Todos os dias.

Refiro-me sim, a objectivos mais concretos, começando por fazer uma análise SWOT de nós mesmos. E o que é isso de uma análise SWOT? SWOT é o acrónimo das seguintes palavras:

S (strengths) refere-se às nossas valências, aquilo em que somos bons e fazemos bem e como podemos potenciar essas valência tanto na nossa vida pessoal como na vida profissional;

W (weaknesses), isto é, o que identificamos como sendo as nossas fraquezas e como as podemos corrigir e ultrapassar;

O (opportunities) refere-se às oportunidades, as quais já não dependem tanto de nós mas sim de factores externos. No entanto, está nas nossas mãos escolher, aproveitar, potenciar e agarrá-las, se assim fizer sentido, se não, não são oportunidades.

T (threats) ou ameaças, as quais também não dependem de nós, directamente, mas que poderão representar oportunidades de mudança, de aprender mais, de fazermos algo diferente com o nosso dia e com a nossa vida.

Depois desta análise, que tal começarmos por prestar mais atenção ao que nos rodeia? Que tal criarmos rituais mais construtivos e produtivos e despender menos tempo no que não nos acrescenta? Que tal mudarmos para o modo “gratidão” por tudo o que temos, por tudo o que conquistámos, por termos saúde, e reclamarmos menos?

Atitudes tão simples mas que poderão fazer toda a diferença na forma como começamos o nosso dia, como nos relacionamos com os outros e como aproveitamos o nosso tempo.

Precisamos apurar se estamos realmente alinhados com os nossos propósitos de vida, com o que nos faz bem, nos faz pessoas melhores e nos deixa mais felizes.

Happy New Year! Happy New You!

 

 

3 pensamentos sobre “Resoluções de ano novo?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.